Nunca Deposite Dinheiro

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Boa noite meus amigos Leitores, Seguidores e Visitantes.

Tenho recebido bastante email do pessoal pedindo informações sobre várias empresas que oferecem empréstimos facilitados.

Em vários post neste Blog, tem informações de como fazer consultas simples atravez dos dados do CNPJ, Razão Social dentre outras informações que essas pessoas passam por e-mail.

Algumas dicas rápidas, eficiente e bem simples para saber se é um Golpes são as seguintes:

  • SE ESTÁ PRECISANDO DE EMPRÉSTIMO, PORQUE QUE VOCÊ TERA QUE PAGAR UM VALOR PARA CONSEGUIR ESSE EMPRÉSTIMO.
  • NUNCA DEPOSITE DINHEIRO PRA NINGUÉM PARA TER EMPRÉSTIMO.
  • SE VOCÊ ESTA COM ALGUMA RESTRIÇÃO QUE IMPOSSIBILITA EMPRÉSTIMO NO BANCO, FUJA DOS ANÚNCIOS OFERTADOS PELA INTERNET OU ATÉ MESMO JORNAIS PROMETENDO FACILIDADE.
  • PODE ATÉ LIGAR PARA O TELEFONE DO ANÚNCIO, SE FALARAM QUE A APROVAÇÃO É RÁPIDA, PEDIR SEUS DADOS E PEDIR DEPÓSITO ANTECIPADO DE ALGUM VALOR PARA LIBERAÇÃO, SAIA FORA POIS PODE SE TRATAR DE GOLPE.
  • LEMBRE-SE: DEPOIS QUE VOCÊ DEPOSITAR NA CONTA O VALOR QUE TE PEDIRAM, MUITO DIFICILMENTE IRÁ CONSEGUIR ESSE DINHEIRO DE VOLTA.
  • CUIDADO - TEM PESSOAS QUE OFERECEM EMPRÉSTIMO E PEDE PARA DEPOSITAR O DINHEIRO PARA LIBERAR O CRÉDITO, PORÉM ELES DEPOSITAM UM ENVELOPE VAZIO NA BOCA DO CAIXA E USAM COMO COMPROVANTE DE DEPÓSITO PARA  CONVENCER VOCÊ DEPOSITAR O DINHEIRO. QUANDO O BANCO PEGA O ENVELOPE PARA FAZER O LANÇAMENTO, É QUE VEM A SURPRESA, ENVELOPE VAZIO, CANCELAM O DEPOSITO E VOCÊ NÃO CONSEGUE MAIS VER O DINHEIRO.
  •  SE VOCÊ FOI VITIMA DESSE TIPO DE CRIME, PROCURE A POLÍCIA POIS SEUS DADOS ESTARÃO EM PODER DE CRIMINOSOS.

Amigos, por hoje é só ... Curtem ... Comentem ... e Fujam do Golpe do Empréstimo Falso.

Detetive Particular - Carlos
Blog O Detetive

Nota de Reativação do Blog

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Estou retomando a atividade com o meu blog pois há um tempo ficou parado. Aproveito para reiterar que estou com essa página para ajudar as pessoas que foram iludidas, trapaceadas, enganadas por delinquentes que usam a internet ou quaisquer meio de comunicação para tirar dinheiro de pessoas inocentes. Esta crescente essa onda de estelionato pela Web, mas a Polícia sempre tem sucesso na localização desses criminosos.
Estou a disposição para ajuda a todos que precisar.

CUIDADO COM ESSES ANÚNCIOS

domingo, 21 de março de 2010

CUIDADO COM ANUNCIOS CRIMINOSOS COMO ESSES

Cuidado com anúncios que circulam pela Web oferecendo diversos tipos de Empréstimos assim como os já explicados aqui no Blog em diversos post.
Verificando atentamente esses anúncios dessas "Pseudas" Empresas que comercialmente publicam anúncios pagos pelo Google, e em uma simples consulta constatei uma série de indícios criminosos como postarei para que todos tenham cuidado ou ate mesmo se ja tiveram em contato com esses criminosos que procurem a Polícia o mais urgente possivel. Segue 3 Sites Com Anuncios

Verificando o site http://www.phenixfinanceira.com.br/ constatei uma série de indícios como:

  • Verifique o Print da Página que ainda esta no ar.  

  • Observe a imagem do site, que vergonhosamente não tem nada a ver com um Slogam empresarial e muito menos com um Logo Marca de uma Financeira, o que no mínimo o site teria que ter  correspondente com a área da empresa.

  • Observe o "Falso" número de CNPJ "065.839.037/0001-53", a quantidade de números para o CNPJ são 14 dígitos e o CNPJ da Falsa empresa tem 15 números.


  • Fazendo uma simples consulta ao site da Receita Federal para constatação de veracidade número do CNPJ, constata - se que não tem como fazer a consulta, pelo motivo que tem números a mais, o que legalmente pode - se dizer que CNPJ é FALSO.

  • Indo além, no site, vamos até o Menu Contrato em Phenix financeira, não existem dados Legais como Razão Social,  CNPJ (verdadeiro), Endereço, Telefones, e por ser Instituição Financeira ou  Representante de Alguma Instituição Financeira, tem que ter o devido registro no Banco Central, e Registro do Responsável pelas informações no Contrato, ou seja, as informações disponiveis para o contrato NÃO TEM VALOR LEGAL DE CONTRATO, ou seja o FALSO CONTRATO esta elaborado apenas em PERGUNTAS E RESPOSTAS como se fosse um item de ajuda.

  • Outro Erro Denunciante no contrato, é o nome do responsável pela elaboração do Contrato: Dr.(a) Jéssica Amorin (doutora em que? Psicologia, Psiquiatria, Cardiologista ... doutora em que ?? Cade o numero do Registro de Doutora em alguma coisa).


  • OBSERVEM ESTE OUTRO SITE que ainda está no ar: Credito Monte Azul, observem o menu Empresa: http://www.creditomonteazul.com.br/empresa_1.html, também não constam dados nenhum da Empresa ou seja também é falsa.

  • No Menu Contrato, o Número do CNPJ, ou seja o FALSO número é o mesmo da outra falsa empresa como no print acima:

  •     O Número do CNPJ é o mesmo do outro site, as informações de Contrato também são as mesma outro site, porém, o responsável pelas informações de contrato é um OUTRO DOUTOR. (Dr. Aroldo).

  • OBSERVEM ESTE OUTRO PRINT de um site que ainda está no ar: Real Financeira, observem o menu de informações da Empresa: http://www.realfinanceira.com.br/empresa_1.html, não constam nenhum dados da Empresa ou seja Empresa é Falsa também.


  • Observem que o Número do CNPJ é o mesmo das outras duas acima descritas, as informações do contrato são as mesmas, mas tem uma diferença no final, quem assina como resposável é outro DOUTOR, (Dr. Sérgio).

  • Meus Queridos Leitores, quero deixar claro neste post, que eu não fiz nenhuma investigação com relação aos sites acima, eu apenas fiz consultas simplificadas no google.

  • Caso alguém tenha alguma dúvida de como proceder perante um anúncio como os demonstrado, no Blog tem outros post que irá ajudar muito.

  • Quero deixar claro que não existe financeiras que emprestam dinheiro com tal facilidade, com tal rapides como esses anúncios, pois na verdade esses anúncios são uma fonte para atrair pessoas com dificuldades financeira e por esse meio tomar dinheiro de muitos.

  • Qualquer dúvida em relação a anúncios, pode procurar a Polícia onde terá maiores esclarecimentos.


    DetetiveInvestigador Particular
    Carlos - Blog O Detetive

ALERTA

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

ALERTA AO LEITORES QUE BUSCAM INFORMAÇÕES SOBRE GOLPES DO EMPRÉSTIMO FÁCIL.

Tenho percebido que muitos dos leitores me pedem informações sem antes consultar os post´s no Blog O Detetive, mas não tem problemas caso não lêem a informação necessária disponibilizarei este alerta.
Muitos dos leitores perguntam se tal Empresa é Falsa, se tal Anuncio é Falso, perguntam também se podem Depositarem dinheiro,  mas vamos lá meus queridos Leitores, siguam esses passos para que se você não leu todos os post´s sobre como proceder diante de um contato com criminosos, são simples, basta seguir esses procedimentos.

  • ESCOLHENDO O ANÚNCIO: Na busca pela web por Empréstimo Facil sem Consultas, será direcionado vários anúncios virtuais  e até mesmo em jornais impressos é possivel  encontrar esse tipo anúncio, onde são anúncios chamativos com grande oferta de dinheiro e em vários anos para pagamentos, muitos desses dizem emprestar no mínimo R$ 5.000,00 e no máximo R$ 500.000,00 com pagamentos que passam de 120 parcelas com juros totalmente baixo, tudo isso é pra chamar atenção e ganhar mais uma Vítima para fazer contato com eles.

  • FAZENDO O CONTATO: Caso o anúncio é de procedencia criminosa, o golpista irá usar sua quase infalível tática de argumentação para que você jamais desconfie que se trata de golpe, te pedirão seu Telefone para te ligarem, seu E-mail para enviar um FALSO CONTRATO,  pedirão seu DADOS PESSOAIS e dirão que seu crédito será aprovado em no máximo 5 minutos.

  • APLICANDO O GOLPE: Após ter passado os menos de 2 minutos é retornado a ligação por parte deles para a Vítima onde dizem que SEU CRÉDITO JA ESTÁ APROVADO, pedem pra enviar por FAX xerox de DOCUMENTOS PESSOAIS e o FALSO CONTRATO ASSINADO, e após isso pedem pra FAZER UM DEPÓSITO com o valor contabilizado de 8 a 10 % sobre o valor do falso empréstimo, dizendo que é valor de seguro. Esse depósito eles pedem pra fazer em nome de terceiros com uma conta poupança ou corrente em nome de pessoa física.

  • TERMINANDO O GOLPE: Os golpista argumentam de uma forma bastante chamativa dizendo o seguinte: ESTE SEGURO É PARA COBRIR O EMPRÉSTIMO CASO NÃO CONSIGA PAGAR AS PARCELAS, ou seja, eles fazem uma lavagem celebral até que a Vítima deposita o dinheiro, depois do dinheiro depositado a vítima ja perdeu o dinheiro que muita das vezes pegam emprestado e acabam se complicando ainda mais.

  • GOLPE MULTIPLICADO: O Golpe multiplicado se dá quando a vítima deposita em uma conta de um laranja o valor que eles pedem, e passado o prazo que eles dão para o valor do empréstimo estar na conta da vítima e não vem o valor, na verdade nunca virá mesmo, passando a vítima liga para questionar porque o empréstimo não veio e eles novamente aplicam outros golpes dizendo que o Banco central mudou a lei de juros e precisa ser depositado mais um valor (mais 5%) do valor solicitado, e muitos das Vítimas depositam, os criminosos sugerem ainda que se a Vítima quiser o valor do seguro de volta, ela terá que depositar um valor de uma taxa (TAC taxa para devolução de documento - É FALSO TAMBÉM) ou seja a se a Vítima não cuidar vai depositar mais dinheiro ainda.

  •  RESUMO: Meus Queridos Leitores, se você estiver enteressado  em algum empréstimo com tal facilidade, fique atento SE TE PEDIREM PARA DEPOSITAR DINHEIRO PARA LIBERAÇÃO DO EMPRÉSTIMO, DENUNCIE NA POLÍCIA PORQUE SE TRATA DE GOLPE.

  • OBSERVAÇÃO: Se você foi vítima destes criminosos, procurem a Polícia para registrar o Boletinho de Ocorrência, porque seus dados pessoais estão em poder de Criminosos, e eles podem com seus dados praticarem outros crimes, pois tendo o B.O a Vítima será inocentada de tais problemas.
Se tiverem Dúvidas na hora do contato, não deposite dinheiro, não mande seus dados, desligue o telefone,  e se precisar de maiores informações o Blog O Detetive, está a disposição para ajudar, em casos mais extremos PROCURE A POLÍCIA.
---------------------------------------------------------------------------------
Detetive Particular - Carlos
Blog O Detetive

Fraude e Fatores Psicológicos

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Teoria Geral da Fraude e Fatores Psicológicos

Como acontece na maioria dos crimes, as fraudes podem ser explicadas pela coexistência de três fatores primários:

1 - A existência de golpistas motivados.
2 - A disponibilidade de vítimas adequadas e vulneráveis.
3 - A ausência de regras, "guardas" ou controladores eficazes.

No caso específico do Brasil (mas podem acreditar que vale, por uma razão ou outra, também para muitos outros países, inclusive do “primeiro mundo”) isso se concretiza, gerando um ambiente propício as fraudes, principalmente em função dos seguintes fatores e condições:

1 - Existência de Golpistas Motivados: carência de alternativas para determinadas classes sociais, ineficiência das leis, incerteza da pena, incerteza jurídica, sistema financeiro evoluído, existência de inúmeras oportunidades, pouca fiscalização, pouca organização das autoridades em nível nacional, desrespeito as leis encarado como comportamento comum (inclusive em função dos exemplos em nível de governo).
2 - Disponibilidade de vítimas adequadas e vulneráveis: pouca informação e divulgação preventivas, necessidade em muitos setores (capital nas empresas, crédito nas classes baixas...), ignorância e ingenuidade difusas, ganância come valor cultural difuso, desrespeito as leis encarado como comportamento comum (inclusive em função dos exemplos em nível de governo).
3 - Ausência de regras, "guardas" ou controladores eficazes: percepção do problema como não prioritário, despreparo e pouco treinamento específico das autoridades de polícia, escassa coordenação em nível nacional de ações contra fraudadores, falta de leis específicas e pouca clareza em algumas das existentes, falta de organismos dedicados à luta contra estes fenômenos.

Alavancas

Um principio básico e muito freqüente na elaboração de uma fraude é desfrutar a ganância das pessoas que sonham em obter muito dinheiro (ou outras vantagens) sem os correspondentes esforços e riscos. Esta é uma equação que infelizmente não existe, a não ser para os ganhadores de loterias. Estes últimos, aliás, estão sujeitos a um risco elevadíssimo sendo que numa loteria você troca uma perda total muito provável (o preço do bilhete) por uma possibilidade muito remota de ganhar um valor elevado (o prêmio).


Uma exceção são as fraudes tecnológicas onde o que se desfruta são os escassos conhecimentos técnicos da pessoa média. Um caso típico são boa parte das várias fraudes por internet nas quais se captam dados sigilosos das vítimas (para depois usa-los em fraudes ou roubos) desfrutando do pouco conhecimento tecnológico das mesmas ou de outras armadilhas tecnológicas. Outro exemplo são fraudes envolvendo cartões de crédito.

Existem ainda algumas outras "alavancas" psicológicas ou "fraquezas" das vítimas que exploradas e aproveitadas pelos golpistas na elaboração de seus esquemas.

Em síntese as principais alavancas sobre as vítimas, usadas pelos fraudadores são:

1 - Ganância e Vontade de fazer "Dinheiro Fácil".

2 - Ignorância (Tecnológica, Operacional, Legal, Comercial etc...).
3 - Gostinho do "Ilegal" e do "Proibido".
4 - Gostinho do "Misterioso" e do "Exclusivo" ou "Inédito".
5 - Irracionalidade e tendência a negar as evidências para perseguir um sonho.
6 - Ingenuidade, Credulidade e Escassa Atenção.
7 - Necessidade e Outras Pressões/Urgências.

Todas as fraudes são baseadas no aproveitamento sem escrúpulos de uma ou mais destas freqüentes "características" ou "condições" humanas.

Técnicas e Fatores Psicológicos
 
Segundo alguns psicólogos e espertos internacionais, e eu compartilho esta visão, outros importantes fatores psicológicos e técnicas utilizadas pelos golpistas são:


1 - Reciprocidade. É a teoria que diz que se eu fizer algo para você, você irá se sentir obrigado a fazer algo para mim. O golpista se apresentará como muito prestativo e pronto a ajudar em tudo para que a vítima fique lhe "devendo uma".
2 - Escassez. Sobretudo a falta de tempo para decidir (alegando que uma determinada oportunidade é por tempo muito limitado ou que tem algum prazo a ser respeitado) é um fator muito usado para pressionar vítimas.
3 - Autoridade. Muitas pessoas ficam cegas quando pensam estarem lidando com autoridades. Por isso os golpistas muitas vezes alegam serem ligados a órgãos ou entidades públicas que lhe confeririam poder, ou se apresentam com cargos altissonantes.
4 - Fixação em fantasias. Esta tática visa fazer com que a vítima fique tão fixada em um determinado fantástico "prêmio" que acabe perdendo a capacidade de pensar objetivamente. Por isso o golpista insistirá em evidenciar e concentrar a atenção sobre os supostos grandes benefícios que esperam a vítima.
Muito interessante, neste sentido, o conceito de "miopia em face do desastre" que vi definido pelo economista Andrew G. Haldane, diretor do Banco da Inglaterra, num estudo sobre a crise internacional em 02/2009, e mencionado por Maílson da Nóbrega na Veja de 11/03/2009. Representa a propensão humana a subestimar a probabilidade de eventos adversos, especialmente do tipo ocorrido em passado ou situações distantes.
5 - Prova social. Muitos golpistas alegam (sem porém fornecer provas convincentes) que o que eles estão propondo já foi feito por muitas pessoas ou empresas, criando assim a idéia implícita que a coisa deve ser boa se tantos assim a fizeram supostamente com sucesso.
6 - Semelhança e simpatia. Alguns golpistas tentam saber mais sobre as próprias vítimas, antes do primeiro encontro, para ter uma chance de criar um sentimento ou clima de amizade e/ou semelhança. O objetivo é de transformar a relação de "formal" para "entre amigos".
7 - Terceirização de credibilidade. Outra técnica muito utilizada consiste em convencer primeiro alguma pessoa com credibilidade (freqüentemente um profissional respeitado), eventualmente mentindo e sempre sem aplicar o golpe nele, mas tentando fazer com que ele acredite que seja uma coisa boa. Aí ele virará garoto propaganda dos golpistas e as vítimas acreditarão mais facilmente nas conversas destes por serem apresentados/referenciados por aquela pessoa "confiável".
8 - Autenticação por associação. Consiste em fazer algo parecer autêntico, mesmo não o sendo, através da associação ou apresentação conjunta com outros elementos confiáveis ou comprovadamente autênticos. Isso vale por exemplo para um documento falso que, quando apresentado em conjunto com outros documentos verdadeiros e confiáveis, pode acabar sendo aceito como também autêntico. Ou um testemunho ou uma informação falsa, que, quando misturada ou apresentada em associação a outras informações verdadeiras, confiáveis e confirmadas, pode vir a adquirir status de “verdadeira”.

Uma outra estratégia psicológica recorrentemente desfrutada nas fraudes é o "Envolvimento da vítima por Etapas Sucessivas", cada uma comportando um modesto investimento (em tempo, ações, contatos, viagens, dinheiro, imagem, comprometimentos etc...) por parte da vítima.

Isso porque quem já investiu alguma coisa sempre estará muito mais disposto a continuar no jogo para não perder o que já investiu, isso mesmo se e quando aparecerem, no caminho, situações duvidosas, maiores investimentos a fazer ou novos obstáculos a superar. Portanto os golpistas mais habilidosos nunca pedirão dinheiro no início ... eles apresentarão boas oportunidades e facilidades e farão com que você invista tempo e dinheiro no negócio, por exemplo pedindo que você os visite no exterior ou que você faça alguma coisa no seu país que comportará tempo e custos (mas que deixará você tranqüilo sobre as intenções deles por não serem custos destinados a eles).

Imaginem a situação: uma pessoa recebeu uma proposta, digamos de financiamento (caso clássico), viajou para os EUA (gastando o dinheiro da passagem) para discutir o assunto, recebeu um monte de papéis e requerimentos, foi atrás de tudo (gastando dias e dias de tempo) envolvendo o contador, o advogado, os amigos, os bancos etc ... falou disso com várias pessoas e pediu a todos algum tipo de ajuda, depois foi atrás dos documentos "necessários" gastando mais dinheiro pelas certidões e mais tempo para consegui-las. Nesta altura ele estará pronto para receber a informação que a liberação do financiamento, "que já foi aprovado", depende agora do pagamento de alguma coisa (um seguro, uma taxa, um imposto, os custos do contrato ou do advogado ou sei lá o que mais) ... na cabeça dele, mesmo com muitos indícios que seja uma fraude, não terá alternativa se não se arriscar mais um pouco e pagar para receber o financiamento (afinal no caso contrario ele terá perdido todo o tempo e dinheiro gasto até aí, sem contar a péssima figura com todos os que envolveu etc.) ... e a fraude terá tido êxito !!

A importância das Informações

O economista Steven Levitt, no seu celebre livro "Freakonomics", expõe de forma bem clara e coordenada alguns outros interessantes conceitos e fatos:


1) A assimetria das informações, é a situação na qual uma parte (normalmente um "especialista") detém informações relevantes que a outra parte não tem, e usa estas informações em sua vantagem. Em alguns casos a assimetria de informações é resultado da simples sonegação de informações relevantes por parte do "especialista".

2) A assimetria das informações pode ser usada (e freqüentemente o é) para gerar pressão na parte menos informada, normalmente através do uso de várias formas de "medo".

3) Na base de boa parte das fraudes existe uma situação de assimetria de informações onde o golpista detém informações relevantes que a vítima não tem (e infelizmente não busca, por ingenuidade, ganância, necessidade etc...), e se aproveita desta posição de superioridade para aplicar o golpe.

Esta última afirmação é muito interessante e com certeza compartilhável, levando obviamente em conta que o conceito de "assimetria de informações" deve ser interpretado de forma bem ampla e flexível.

É um fato indiscutível que quem está melhor informado mantém uma vantagem estratégica considerável sobre seus adversários. O General Sun Tsu, na China de 2500 anos atrás, já sabia disso e por isso recomendava o uso extensivo de espiões para coletar sistematicamente maiores e melhores informações sobre o inimigo, antes de enfrenta-lo. Todos os grandes estrategistas depois dele também aplicaram este conceito de base. Julius César, Saladino, Maquiavel, Napoleão ... todos eles desenvolveram seus sistemas para conseguir estar sempre um passo a frente dos adversários no que dizia respeito as informações possuídas.

No caso dos golpistas não é diferente, os bons golpistas sempre procuram saber tudo o possível sobre sua vítimas, de preferência sem que estas percebam. Também costumam ser bem informados nos assuntos que irão enfrentar conversando com as vítimas, de maneira a manter permanentemente uma superioridade estratégica que lhe facilite alcançar seus objetivos.

Qual é uma das melhores armas que as potenciais vítimas tem para se defender desta estratégia ?

Resposta: Obviamente fazer o mesmo, ou seja se informar e verificar tudo o que for proposto e conversado em encontros com pessoas desconhecidas. Aprofundar os assuntos, verificar as referências e não acreditar em qualquer pessoa, afirmação ou proposta somente porque parece "verdadeira". Tente sempre eliminar a "assimetria das informações" a favor dos golpistas, e enfrentar qualquer situação numa condição de "paridade de informações".

Fonte: Monitor das Fraudes

-----------------------------------------------------------------------------------------
Detetive Particular - Carlos
Analista Técnico em Inteligência e Informações
Blog O Detetive

Golpe Promete Tirar Nome Da Lista De Devedores

segunda-feira, 13 de julho de 2009

GOLPE PROMETE TIRAR NOME DA LISTA DE DEVEDORES


Parece o anúncio de mais um serviço. Está no jornal, na internet. E a promessa é tentadora. Você paga para recuperar o crédito e sair da lista de devedores, mas o que parece uma vantagem termina em um golpe.

O velho jeitinho vira mais dor de cabeça e prejuízo. Não tem mágica. Quem está endividado deve tentar uma negociação com o credor para parcelar o débito. Não há alternativa, mas muita gente ainda cai na conversa de golpistas. Termina sem o dinheiro, e o nome permanece sujo na praça. A equipe do Bom Dia Brasil gravou um flagrante desse tipo de golpe.

Por medo de ser surpreendido, o homem que se aproxima da nossa câmera não anda sozinho. O colega vem logo atrás. A mesa do bar foi o lugar marcado para fechar um negócio irregular. O homem tenta aplicar um golpe que começou numa conversa por telefone.

A proposta é simples. O anúncio nos classificados dos jornais atrai quem está com o nome na lista de inadimplentes da Serasa. O golpista promete acabar com a dor de cabeça em troca de dinheiro.

Golpista - Você tem que saber o valor dos débitos para eu poder te dar o preço
Repórter - Deve estar em torno de R$ 10 mil. De R$ 10 mil a R$ 12 mil
Golpista – De R$ 10 mil a R$ 12 mil eu te cobro R$ 2 mil para fazer. Meu serviço é em dez dias úteis.


O golpista explica como ficará a situação do devedor.


Golpista - Eu trabalho só com os órgãos de restrições, só regularização nos órgãos. Quem você deve continua devendo. Eu não sumo com o débito.
Repórter - Mas resolve?

Golpista - Eu trabalho com a regularização de crédito, só que você continua devendo. Se você deve ao açougue do Seu Joaquim, vai continuar devendo lá.
Repórter - No sistema, como é? Tira do sistema, não existe mais no sistema.
Golpista - No sistema, não vai constar. Vai dar nada consta.


Ele pede informações pessoais e referência do interessado: “Você tem que me dar o dinheiro e o seu CPF. O seu nome, seu endereço de trabalho, endereço da sua casa, telefone de trabalho, celular. Tem que saber quem é você, entendeu?”.


Antes do encontro, novo contato telefônico e uma surpresa: os débitos encontrados pelo golpista eram maiores do que havíamos informado. É o pretexto para tirar mais dinheiro de quem já está endividado.

Golpista - Faço tudo por R$ 4 mil, entrego o seu nome limpo, nada consta.
Repórter - Mas é certeza?
Golpista - Lógico que é certeza.

Um comerciante acreditou na oferta. Pagou o preço combinado no ano passado e até hoje está com o nome sujo.


“No momento do desespero, eu tentei fazer isso com ele. Claro que eu ia negociar com os credores, ia pagar tudo, só que naquele momento eu estava precisando levantar um dinheiro. E a única forma que eu vi era limpando o meu nome. Aí, eu levantava o dinheiro e pagava os credores todos”, conta.


O golpe da Serasa também é aplicado pela internet. Em alguns sites, o interessado pode contratar e pagar o serviço sem precisar de um encontro entre as partes. A maior dificuldade da polícia para combater o crime é a falta de denúncias. As vítimas temem denunciar, porque tentaram se beneficiar do esquema.


“Não existe esse serviço de limpar o nome da pessoa junto às empresas de proteção ao crédito, sem que a pessoa faça o efetivo pagamento do crédito. A pessoa pode responder criminalmente e ainda ter que pagar o valor da dívida”, explica a delegada Ivone Rosseto.


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Detetive Particular - Carlos
Blog O Detetive

Golpistas Arrecadaram R$ 200 Mil

Golpistas Arrecadaram R$ 200 Mil de Aposentados


Foram apresentados à imprensa na manhã da sexta-feira, dia 3, detalhes sobre a prisão de duas pessoas que estavam aplicando golpes contra pensionistas do Instituto Nacional de Seguridade Social - INSS - em Sergipe. Os alagoanos Luís César da Silva Calado, de 29 anos, e José Carlos Dias, de 36 anos, foram detidos quando saíam de um estabelecimento comercial no Centro de Aracaju. A polícia ainda investiga o envolvimento de outras pessoas na suposta quadrilha. A informação é que eles conseguiram arrecadar cerca de R$ 200 mil das vítimas, já sendo confirmados 68 casos de fraudes.



A prisão foi realizada a partir de denúncias de aposentados que estavam tendo o dinheiro retirado através de empréstimos consignados que afirmavam não terem realizado. Com o apoio da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial - Dipol -, após cerca de quatro meses de investigação, a polícia conseguiu chegar aos suspeitos na manhã da quinta-feira, dia 2, impedindo uma nova remessa de empréstimos, em que 60 pessoas seriam vitimadas.



Os rapazes conseguiam informações das vítimas se passando por corretores de empresas de prestação de serviços a instituições financeiras responsáveis por empréstimos bancários, tendo acesso a bancos de dados dos aposentados. A delegada Viviane Pessoa, da delegacia de Defraudações e Combate à Pirataria, explica que, em posse dos dados, os criminosos falsificavam documentos, adulterando-os, para conseguirem acesso aos empréstimos. "Eles conseguiam o número do benefício dos aposentados e o CPF, adulteravam os documentos de identificação e davam entrada em empréstimos em consignação com esses documentos. Assim, liberavam financiamento e, inclusive, recebiam comissões como se fossem corretores de empréstimos", detalha.



---------------------------------------------------------------------------------------------
Detetive Particular - Carlos
Blog O Detetive

Conta Bancária é Aberta em Nome de Mulher Falecida

O artista plástico Selvo Afonso, de 53 anos, tem um grande mistério pela frente. Descobrir como foi possível a sua mãe, Hilda Martins Afonso, abrir uma conta no banco Itaú, contratar empréstimos, fazer movimentações bancárias e efetuar várias compras com cartão de crédito, tudo isso em 2005, ano em que completou anos anos de falecida.


Selvo conta que descobriu o problema somente há 15 dias, quando recebeu em sua casa cobranças dos débitos em nome de sua mãe, que totalizam quase R$ 50 mil. “A princípio achei até que fosse um problema de homônimos, mas desconfiei porque era o mesmo CPF e o mesmo endereço onde ela morava. Então entrei em contato com o banco e a operadora do cartão de crédito. Eles confirmaram a existência dos débitos em nome de minha mãe, que este ano completa 14 anos de falecida”, explica.


Ao comparecer à agência em Goiânia onde a conta foi aberta, para buscar mais informações, Selvo descobriu outro mistério. “Eles me disseram que a conta foi aberta em janeiro de 2005, em nome de uma empresa de informática com endereço de Aparecida de Goiânia, da qual minha mãe seria sócia”, relata o artista plástico. Ele diz que na agência foi informado também que, para a abertura da conta corrente, foi usada uma Carteira de Habilitação em nome de sua mãe. Porém, ele alega que Hilda Martins nunca teve o documento.


Mesmo apresentando a Certidão de Óbito de sua mãe, Selvo conta que o banco se recusa a apresentar qualquer informação por escrito ou documento sobre conta e os débitos em nome de Hilda Martins. “Ao ir à agência não me apresentaram nenhuma explicação ou solução para o problema. Disseram que o máximo que eu poderia fazer é assinar um documento de desconhecimento da dívida, mas isso é muito pouco”, reclama o filho de Hilda. Indignado com o erro envolvendo o nome da mãe, Selvo exige uma explicação do banco Itaú. “Minha intenção é limpar o nome de minha mãe, que, quando viva, nunca teve o nome em SPC ou qualquer coisa desse tipo”, contesta o artista plástico, que pretende entrar com um processo contra o banco já na próxima segunda-feira, 6.


Desconfiança


Selvo revela que foi orientado por sua advogada a fazer uma busca em vários órgãos oficiais, como a Receita Federal, a Junta Comercial, o INSS e outros, para saber se havia outros débitos ou contratos em nome de sua mãe. Mas ele informa que nada foi encontrado, o que reforça sua desconfiança de que a fraude tenha contado com a conivência de algum funcionário do banco. “Pretendo ainda ir até o Detran, para saber como essa CNH, com certeza falsa, foi emitida”, alega Selvo.


O artista plástico reclama que o episódio, além de muita dor de cabeça, tem dado muitas despesas. “Já tive que andar muito para tentar resolver o problema. Por que você tem de ir a vários lugares para conseguir essas certidões negativas, informações e outros documentos. Acho que já gastei uns de R$ 200 para levantar esses documentos”, afirma Selvo.


Procurada no início da noite de ontem pela reportagem do HOJE, a assessoria de imprensa do banco Itaú garantiu uma resposta sobre o problema até a próxima segunda feira. A assessoria informou que devido ao horário não seria possível contatar alguém para falar sobre o caso.
___________________________________________________________________________
Fonte: http://www.fraudes.org/clipread.asp?CdClip=11273


OBS:
Os Estelionatarios, Golpistas e outros do gênero, dependem de uma conta em nome de uma pessoa (laranja), ou seja, ele jamais irá ultilizar seus dados para atuar no crime, por isso é de grande importância que todos que foram Vítimas destes Criminosos, façam o Boletinho de Ocorrência, porque se por ventura seus dados pessoais forem usados para abrir contas bancárias ou adquirir outras coisas de atos criminosos o B.O te isenta de tais problemas.
Para maiores esclarecimentos de como proceder, Acesse este link no menu: Como Proceder em Caso de Golpe


Detetive Particular - Carlos
Blog O Detetive

Estelionatários Aplicam Golpes Novos

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Em uma das modalidades registradas em Bauru, eles fraudam cheque; em outra, se passam por funcionário de banco.

De tempos em tempos, os golpistas inventam novos enredos para ludibriar suas vítimas e conseguir dinheiro fácil. As duas novas artimanhas empregadas por estelionatários em Bauru registradas pela polícia nos últimos dias mostram a crueldade e a destreza dos criminosos. Na primeira, fazem um verdadeiro teatro para fraudar cheques e, na outra, furtam o dinheiro de aposentados. Uma das vítimas tem 81 anos.
No dia 20, uma aposentada, moradora da Vila Universitária - que por questões de segurança pediu para não ter o nome divulgado - efetuou uma compra em uma farmácia. Como o estabelecimento estava impossibilitado de receber o pagamento por cartão, quitou a dívida com um cheque preenchido no valor de R$ 57,00.

A surpresa desagradável veio na semana seguinte, quando consultou o extrato de sua conta corrente. “Vi que havia um débito de R$ 5.070,00. Ao verificar o número do cheque, descobri que era o que entreguei na farmácia”, conta a vítima. Surpresa, ela foi até o estabelecimento questionar o que tinha acontecido.
No local, ficou sabendo que horas depois de ter saído um homem descrito como sendo moreno, magro e bem vestido, chegou na farmácia afirmando que tinha sido mandado pela própria vítima. Ele contou à atendente que a aposentada tinha sido roubada e por isso tinha sustado todos os cheques. Então, o golpista alegou que estava “ajudando” a vítima e pediu o cheque de volta, entregando à pessoa o dinheiro correspondente.

“Eu questionei como ela entregou o cheque sem perguntar nada. Então, ela me disse que o homem falou o meu nome, o valor (do cheque), por isso não desconfiou”, conta a vítima. Ela foi à agência bancária e recuperou o cheque, que estava visivelmente rasurado. Agora, aguarda o ressarcimento do prejuízo. “Hoje (ontem) fiquei sabendo de um caso semelhante e quando registrei a ocorrência me contaram que também já tinha acontecido com outra pessoa”, conta.

O delegado Marcelo Haddad, titular do 3.º Distrito Policial, confirma que, recentemente, o golpe foi praticado em Bauru em pelo menos três ocasiões. “É um golpe já conhecido, mas que fazia tempo que não era aplicado na cidade”, lembra. Haddad afirma que a Polícia Civil já está investigando os crimes. “Estamos levantando as características físicas do autor para um possível reconhecimento. Também estamos averiguando se os estabelecimentos possuem sistema interno de monitoramento por câmera para identificar o autor”, afirma o delegado.

Para Haddad, os clientes podem se prevenir deste tipo de golpe evitando conversar com estranhos em filas. “O estelionatário tenta tirar vantagem das informações, então evite falar com desconhecidos e, se perceber algo fora do normal, avise o representante do estabelecimento”, aconselha. Para a vítima, os lojistas também precisam atuar contra este tipo de estelionato. “Os comerciantes precisam ficar atentos e não trocar o cheque para qualquer um”, diz.

Dois idosos tiveram seus pagamentos furtados

Além do golpe do cheque fraudado, outro conto fez duas vítimas em Bauru. Na manhã de ontem, dois idosos tiveram suas aposentadorias furtadas no Centro. Os dois casos foram registrados no Plantão Policial.
O primeiro golpe aconteceu às 10h35. A vítima, um aposentado de 73 anos, sacou R$ 575,00 de sua conta bancária. Ele já tinha deixado a agência quando foi abordado por um homem vestindo camisa branca com listras azuis e calça preta, na quadra 7 do Calçadão da Batista de Carvalho.

Ele disse ao aposentado que era funcionário do banco e que tinha acontecido um problema com o saque do idoso. Por isso, pediu o valor para regularizar a situação. A vítima entregou o dinheiro e ficou aguardando. Quando percebeu que havia algo errado, o aposentado procurou o banco que afirmou que não havia nenhum funcionário com aquelas características.

Cinco minutos depois, na quadra 4 da rua Ezequiel Ramos, uma aposentada de 81 anos tinha acabado de deixar uma agência bancária após ter sacado R$ 420,00 quando foi parada por um homem. Com uma história semelhante à do primeiro caso, o golpista pegou o dinheiro da vítima, afirmando que iria “regularizar a transação” bancária.

A idosa também não viu mais o suposto funcionário do banco. Ao procurar a agência, foi informada que o homem não trabalhava no banco. Os dois casos foram registrados pelo delegado plantonista Carlos Creppe Júnior como furto qualificado.

O delegado Marcelo Haddad, titular do 3.º Distrito Policial, que deverá investigar os casos, aconselha aposentados e idosos a ficarem atentos quando vão a agências bancárias, principalmente nos primeiros dias do mês, quando é comum o pagamento de aposentadorias e salários. “Se notar algo fora do comum, avise a agência. E, se possível, ir acompanhado ao banco, melhor”, diz.

-------------------------------------------------------------------------------------------------


Detetive Criminal Particular - Carlos

Blog O Detetive

Golpe do 'Saia do SPC e SERASA Sem Pagar as Dívidas'

domingo, 10 de maio de 2009

Se você procurar em sites de pesquisa como Google ou Yahoo por palavras como SPC e SERASA, ou em sites de ofertas como o Mercado Livre, vai encontrar “anúncios milagrosos” dizendo que têm a fórmula mágica para tirar seu nome do SPC e SERASA em poucos dias, e melhor: “sem precisar pagar seus débitos” e “legalmente” .

Cuidado: É tudo mentira! Essas pessoas que anunciam esses “milagres” não passam de aproveitadores querendo tirar o seu dinheiro.
 
 
Se fosse tão fácil certamente seria o melhor negócio do Brasil, todas as pessoas já estariam com o nome limpo, os bancos estariam desesperados e SPC e SERASA, que são empresas privadas e que obtém lucros dos seus cadastros e das consultas, não teriam faturamento de bilhões de reais ao ano.
Nós, do site www.endividado.com.br, compramos alguns desses “manuais milagrosos” e recebemos alguns de visitantes do site que caíram no golpe.

Impressionante: são todos iguais!


No total o “manual do milagre de tirar o nome do SPC e SERASA em poucos dias e sem pagar as dívidas” tem cerca de 20 páginas e ensina “dicas e macetes” errados e/ou criminosos, pois incentivam a entrar com processos inventando mentiras, além de forjar e alterar documentos públicos para fins de tirar seu nome do SPC e SERASA.
Fórmulas “mágicas” que não ajudarão em nada o devedor, ao contrário, podem prejudicar, e muito!
Estes “manuais” afirmam que você pode entrar com uma “OBRIGAÇÃO DE FAZER” nas Pequenas Causas, contra o seu credor simplesmente alegando que “desconhece a dívida” e que “ficou surpreso com a cobrança” que assim o juiz irá lhe dar uma liminar para que seu nome saia do SPC e SERASA e orienta que você não compareça a audiência.


Porém, a orientação e a explicação dada é errada e o resultado não será aquele que anuncia!
Na prática, muitos juizes não dão liminares para retirar o nome do SPC e SERASA apenas com a alegação de que o devedor “desconhece a dívida”. Eles aguardam a audiência de conciliação, em média de 10 a 30 dias após o ajuizamento da ação, para verificar a documentação que o credor possui em relação à dívida.


Mesmo assim, se o juiz der a liminar para retirar o nome do devedor do SPC e SERASA isto será temporariamente, ou seja, até a data da audiência (normalmente entre 10 a 30 dias) pois, na própria audiência, o credor (loja, banco, cartão etc) trará documentos que provam a existência da dívida (contrato assinado pelo devedor, cheque, faturas etc) e o seu nome vai voltar a ser inscrito no SPC e SERASA, além do que, poderá ser condenado ao pagamento das custas processuais.


Outro “ensinamento” é para criar ou alterar documentos públicos (certidões, ofícios judiciais, etc) usando programas de computador para edição de imagens, alterando dados, datas, etc, o que é crime!
Nestes casos, o crime é facilmente descoberto e além do devedor voltar a ter seu nome incluído no SPC e SERASA vai responder a processo criminal por fraude.


Esses estelionatários normalmente têm sites “bonitos” com imagens de pessoas felizes e trazem mensagens confortantes, fazendo você acreditar que o produto vendido é um verdadeiro “milagre”, um lançamento nunca antes visto e que pode, realmente, tirar seu nome do SPC e SERASA em poucos dias e o melhor, “sem pagar as dívidas”.

Eles usam sites com domínios de fora do país (.com, .net, etc) para dificultar que as autoridades possam identifica-los e tirar o site do ar.
Um desses estelionatários estava vendendo o seu “manual” por R$ 9,90. Porém, viu o retorno que teve e agora está vendendo a R$ 49,90, o mesmo manual, sem mudar uma letra!
Eles se aproveitam da ingenuidade e desespero de muitas pessoas que têm seus nomes registrados no SPC e SERASA, e que vêem no anúncio uma “salvação”, para vender sua “fórmula mágica” e faturar alto à custa de pessoas desavisadas.


Portanto, muito cuidado! Assim como não existe dinheiro fácil, não existe nenhuma “fórmula mágica” para tirar seu nome do SPC e SERASA em poucos dias e sem pagar as dívidas!
O que existe são espertalhões querendo ganhar o seu dinheiro facilmente, “ensinando” formas erradas e criminosas de agir e que, além de não resolver o seu problema, irão lhe causar maiores.



Fonte: site http://www.endividado.com.br/

 
Detetive Criminal Particular - Carlos
Blog O Detetive

Vergonha no Bolsa Família

Meus Amigos Leitores, fujindo um pouco da matéria do Blog, vou postar uma mátéria que envergonha qualquer cidadão de caratér.


Vergonha no Bolsa Família



Auditoria do TCU revela que há mais de 312 mil benefícios pagos irregularmente para políticos, mortos e donos de carros que custam entre R$ 100 mil e R$ 300 mil. Rombo chega a R$ 318 milhões em um ano
Brasília - Auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) revelou que 39.937 políticos que concorreram às eleições de 2004 e 2006 recebem Bolsa Família. Todos ganham mais de meio salário mínimo — valor máximo para ser beneficiário do programa. Desses, 577 foram eleitos e exercem mandato. O Bolsa Família dos políticos custa R$ 1,59 milhão por mês. Na auditoria, iniciada no ano passado, foram identificadas 312.021 famílias recebendo indevidamente o benefício. As irregularidades custaram em um ano R$ 318 milhões aos cofres públicos.

Marcela, com Vanderson e Anderson, ficou indignada. Ela conta que pediu o benefício, mas foi negado.
O relatório aprovado ontem pelo TCU cruzou dados de documentos dos candidatos registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com CPFs de beneficiários do programa. Os técnicos do Tribunal também utilizaram o nome das mães dos políticos para filtrar os resultados e identificar os candidatos, suplentes e eleitos, que recebiam a mesada do governo, que deveria ser destinada a famílias necessitadas.
O relatório indica também 299.832 beneficiários inscritos no Sisobi, sistema do Dataprev que registra óbitos. Cruzamento de dados com o Renavam mostra que 713 bolsistas têm carros que custam mais de R$ 100 mil. Desses, 16 pessoas teriam carros no valor superior a R$ 300 mil, segundo relatório.
“Assim, é pouco crível que 697 famílias possuidoras de veículos avaliados em cerca de R$ 100 mil estariam enquadradas nos critérios do Bolsa Família, tendo de arcar, só com o IPVA, com valores em torno de R$ 3 mil anuais”, analisa o ministro Augusto Nardes.
O trabalho também revela que parte dos beneficiários do Bolsa Família tem carros caros. Das 106.329 famílias com carros inscritas no programa, 86 mil têm automóveis avaliados em até R$ 10 mil e 2.256 dirigem carros que custam de R$ 50 mil a R$ 100 mil.


Marcela dos Reis, 29 anos, moradora de Nova Iguaçu ficou indignada. Ela diz que tenta há dois anos conseguir o benefício, mas não consegue, embora sobreviva com menos de R$ 100 que ganha catando sucata, para sustentar o filho Vanderson, de 2 anos. O marido, o pedreiro Anderson, está desempregado.
Benefícios cancelados após relatório
O Ministério do Desenvolvimento Social divulgou nota informando que a pasta já cumpriu 70% das recomendações feitas pelo TCU na auditoria realizada em 2006 e que 10% dos beneficiários que possuem carros e 172 políticos contemplados no programa já tiveram o benefício cortado.
O cruzamento de dados revelou que 83 mil recebem mais que o teto estabelecido pelo governo para conceder o benefício. O TCU encontrou ainda 205.566 registros suspeitos, com pessoas que apresentavam o mesmo CPF ou identidade e nomes diferentes.

“Determinada família, com renda per capita declarada de R$ 35, com direito de receber R$ 94, possui sete veículos do tipo caminhão avaliados em R$ 756.467”, informou o ministro Augusto Nardes, do TCU.


Fonte: O Dia, 6 de maio de 2009. Na base de dados do site
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------



Detetive Criminal Particular - Carlos
Blog O Detetive

Golpe Boa Noite Cinderela

Suspeito é branco, calvo, tem cerca de 1,70m e aparenta ter 40 anos.


A polícia procura por um homem suspeito de ter aplicado pelo menos quatro golpes a homossexuais na região da Grande Florianópolis desde 2008. Ele rouba as vítimas após dopá-las com sonífero misturado à bebida, golpe conhecido como "boa noite, cinderela".

Os últimos dois casos foram registrados em novembro do ano passado. Todos apresentam o mesmo modus operandi. Depois de se conhecerem pela internet, o suspeito e a vítima conversam por telefone e marcam um encontro em um bar movimentado, normalmente no Centro de Florianópolis.

No local, ele aproveita um descuido da vítima para colocar a droga na bebida dela. Pouco tempo depois, a vítima começa a passar mal e o homem se oferece para ajudá-la a ir para casa. Uma vez na residência, o suspeito deixa a vítima dormindo e aproveita para roubar dinheiro, cartões de crédito e outros objetos de valor.

A polícia acredita que o suspeito atua em Florianópolis há mais de dois anos. Recentemente, uma imagem do homem foi obtida pelo circuito interno de TV de uma loja, onde ele teria usado um cartão de crédito roubado.

Com a imagem do suspeito, a polícia descobriu que um homem com a mesma descrição é procurado por aplicar golpes idênticos em São Paulo, Espírito Santo e Rio de Janeiro. Ele é branco, tem aproximadamente 1,70m, é calvo e aparenta ter 40 anos.


Fonte: http://www.fraudes.org/clipread.asp?CdClip=14577

Golpe do Boleto

A Polícia Civil afirmou nesta quarta-feira ter desarticulado um grupo suspeito de aplicar o chamado "golpe do boleto" em São Paulo. Entre a tarde de terça (26) e a manhã de hoje, a polícia cumpriu mandados de busca e apreensão, apreendeu 18 computadores, documentos e deteve 20 pessoas, que foram levadas à delegacia para depoimento.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, os suspeitos são investigados por oferecer serviços gratuitos a empresas se passando por associações e sindicatos e, depois, enviar boletos de cobrança, sob ameaça de levar o caso ao Serasa e ao SPC (Serviço de Proteção ao Crédito). Os valores dos boletos variavam entre R$ 100 e R$ 500.

As associações eram legalmente registradas e supostamente ofereciam serviços de assessoria contábil, jurídica e financeira. O alvo principal eram empresas de pequeno e médio porte. "A pessoa pagava pensando que estava se afiliando a um sindicato ou a uma associação oficial, mas que na realidade não oferecia nada em troca. Eles vendiam fumaça", afirmou o delegado Paulo Roberto Robles, chefe da Divisão de Crimes Contra o Consumidor, do DPPC (Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania).

O golpe também era aplicado por meio da oferta de serviços de publicidade em listas telefônicas. As supostas empresas de anúncios mandavam um fax para as empresas pedindo uma resposta, também via fax, com a confirmação dos dados, carimbo e assinatura do responsável. Com essas informações, eles falsificavam um contrato de prestação de serviço e passavam a enviar os boletos mensais de cobrança.

Nos endereços onde foram cumpridos os mandados de busca e apreensão, policiais descobriram mais de três empresas no mesmo local. Foram encontrados também roteiros pré-definidos para a oferta dos serviços, nos quais as funcionárias diziam que os serviços eram gratuitos e boletos em que estava escrito que a utilização dos serviços era facultativa e gratuita.

As reclamações sobre o "golpe do boleto" começaram em 2006 em todo Brasil. A polícia estima que centenas de empresas foram lesadas no golpe e ainda não tem uma estimativa do valor do prejuízo causado.

As empresas são acusadas dos crimes contra a economia e as relações de consumo, estelionato e emissão de duplicatas simuladas. A polícia instaurou inquérito e as investigações vão prosseguir em busca dos responsáveis pelas sete empresas suspeitas.


Fonte: http://www.fraudes.org/clipread.asp?CdClip=14543

Golpe do Imposto de Renda

Uma empresa que prometia restituição de IR (Imposto de Renda) até para quem era isento está sendo investigada pela Polícia Civil de São Bernardo. Os policiais procuram provas que possam mostrar que o serviço oferecido pelo grupo trata-se, na verdade, de um golpe. Pelo menos sete possíveis vítimas estiveram na delegacia ontem.

Os funcionários da empresa, que não tem nome, cobravam R$ 50 de cada cliente para cada R$ 300 obtidos na restituição do IR. A promessa era que os valores seriam depositados diretamente na conta do favorecido, muitas vezes, em menos de 20 dias. O grupo atendia até ontem em uma casa de paredes brancas e portão de madeira na Rua Batuíra, no bairro Assunção, em São Bernardo.

Não há nenhum tipo de letreiro ou faixa que identifique o local. Na sala, dezenas de pessoas aguardavam atendimento todos os dias. A propaganda era feita boca a boca, segundo relato de clientes, e o atendimento era sempre pessoal. Os telefones que os funcionários forneciam aos clientes estavam sempre ocupados.

"Devia ter desconfiado que isso era um golpe. Nunca eram as mesmas pessoas que atendiam a gente. Ia sempre mudando. Pelo menos levaram só R$ 50", afirma um operador de máquinas de 38 anos, que não se identificou. "Ia hoje lá para cancelar. Minha filha falou com o advogado da empresa dela e ele falou que é fraude. Quero meu dinheiro de volta", reclama uma aposentada de 66 anos.

Novo Tipo de Estelionato

Inspetores da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) estão investigando um novo golpe praticado por estelionatários em Fortaleza. A ação criminosa consiste na aquisição de dados de diversas pessoas e na solicitação de cartões de créditos com um ´simples´ preenchimento de um cadastro pela Internet. As vítimas têm seus nomes usados de forma fraudulenta sem imaginar o que os golpistas estão fazendo de posse de cartões, supostamente ´legais´.

Na última semana, Carlos Augusto Santana de Sousa, o ´Gordo´, foi detido, em sua residência com cinco cartões de créditos, em nome de pessoas diferentes, com limite de compra de até R$ 4 mil. Os cartões eram recebidos em endereços diferentes, o que levantou as suspeitas.

Após algumas diligências e consultas via Internet, a investigação da DDF, comandada pelo delegado Jaime Paula Pessoa Linhares, identificou alguns pontos de fragilidade no sistema utilizado pelos golpistas. Segundo o delegado, Augusto afirmou que "criou" personagens e os nomes e os dados seriam falsos. "Descobrimos que as pessoas que ele disse serem personagens existem, e alguns dos dados utilizados, como CPF, são verdadeiros, o que derruba essa versão", afirmou.

O delegado confirmou que uma média de cinco Boletins de Ocorrência (B.Os) são registrados todos os dias. Os relatos são semelhantes, pessoas que nunca solicitaram cartões, recebem faturas com altos valores. Outros imaginam que tiveram seus dados ´clonados´, mas conforme as investigações, eles podem ter se transformado em ´personagens´ dos estelionatários.

Outra particularidade que foi observada é que a maioria das vítimas são do Interior do Estado. "Percebemos que existe uma fragilidade em todas as etapas do sistema, desde a solicitação dos cartões, passando pela conferência dos dados, até a entrega", ressaltou Linhares.

Os serviços de entrega também estão sendo investigados. "Eles fornecem dados falsos, números de telefones públicos, mas na hora da entrega a pessoa precisa assinar , para receber o cartão solicitado. Como eles conseguem facilmente isso, ainda é fruto da nossa investigação".


Fonte: http://www.fraudes.org/clipread.asp?CdClip=14714

Como Evitar Golpes e Prejuízos Financeiros

Com segurança não se brinca: como evitar golpes e prejuízos financeiros?

 
Nos dias de hoje, segurança é fundamental, principalmente quando se trata de segurança da informação. Golpes com o objetivo de roubar dados de pessoas físicas e jurídicas são cada vez mais freqüentes, causando dor de cabeça para a regularização e um enorme prejuízo financeiro.
Como evitar esse tipo de problema em ações corriqueiras, como o uso da internet, uma compra com cartão de crédito ou em uma simples chamada telefônica?
Seguem abaixo várias dicas que devem ajudar o consumidor a evitar esse tipo de problema. Diante de fraudadores deste tipo, evitar a possibilidade de golpe é a melhor maneira de se proteger.
Dinheiro de plástico
Proteger-se contra golpes no uso do cartão de crédito ou débito não é complicado. Os golpes geralmente se baseiam em criar pequenas distrações que desviam a atenção do usuário. De acordo com a Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços), a regra é estar atento e desconfiar de qualquer situação diferente da habitual.
Confira as dicas:
* Nunca empreste seu cartão para ninguém, nem permita que estranhos o examinem. Pode haver troca do cartão, sem que você perceba;
* Não deixe seu cartão sem assinatura;
* Muita atenção na hora de digitar sua senha nos pagamentos com cartão de crédito e débito;
* Se não conseguir memorizar a senha e precisar anotá-la, guarde a anotação em lugar diferente do cartão, reduzindo seus riscos em caso de roubo ou perda;
* Caso seu cartão seja roubado, perdido ou extraviado, comunique o fato imediatamente à Central de Atendimento do banco emissor, pedindo o cancelamento. Em caso de assalto, também registre a ocorrência na delegacia mais próxima;
* Em caso de retenção do cartão no caixa automático, aperte as teclas `ANULA` ou `CANCELA` e comunique-se imediatamente com o banco;
* Solicite sempre a via do comprovante da operação e, antes de assiná-lo, confira o valor declarado da compra;
* Se for efetuar compras com seu cartão pela internet, procure, antes, saber se o site é confiável e se tem sistema de segurança para garantia das transações.
Na rede
Assim como tomamos precauções de segurança, por exemplo, em nossa casa ou no automóvel, precisamos ter cuidados com relação ao nosso computador. Confira abaixo os 10 Mandamentos do MIS (Movimento Internet Segura) e mantenha suas transações on-line longe de golpes:
1. Protegerás seu computador
2. Jamais fornecerás senhas
3. Ficarás atento aos endereços em que navegas
4. Conferirás sempre teus pagamentos
5. Manterás sempre atenção ao fornecer dados pessoais
6. Nunca participarás de sorteios fáceis
7. Resistirás a ofertas tentadoras enviadas por e-mail
8. Terás cuidado com programas de invasão
9. Prestarás sempre atenção aos e-mails que recebe
10. Em movimentações financeiras, seguirás sempre as regras para o internet banking
Por telefone
O telefone é outro meio que fraudadores utilizam para subornar pessoas e conseguir informações pessoais que servirão, por exemplo, para golpes futuros.
Importante: bancos ou administradoras de cartão de crédito, por exemplo, nunca pedem a sua senha pessoal via telefone. Além disso, empresas de prestação de serviços básicos não ligam para sua casa para agendar visita sem a sua autorização.
Portanto, nunca forneça dados pessoais via telefone ou agende qualquer visita de empresa, sem saber a real procedência da ligação.
Fonte: Infomoney. Na base de dados do site http://www.endividado.com.br/.


Detetive Criminal Particular - Carlos
Blog O Detetive

Polícia Prende três Mulheres que Aplicavam Golpes em Manaus

quarta-feira, 6 de maio de 2009

MANAUS – Três mulheres que aplicavam golpes em lojas de roupas e bolsas, materiais de informática e objetos de decoração em Manaus foram presas, ontem (30), com 20 cartões de crédito, talões de cheques e carteiras de identidade e de trabalho, todos falsificados.



Segundo a polícia, a camareira Leonilda da Silva Siqueira, 25, Bárbara Celina Siqueira, 23, e Léa Raimunda de Lima Alves, 35, vinham agindo há mais de dois meses. Inicialmente, o golpe foi avaliado em R$ 200 mil.


De acordo com o jornal A Crítica, as três foram presas quando tentavam comprar colchões na loja Ortobom do bairro do Parque Dez, zona Centro-Sul de Manaus. Na semana passada, elas já haviam feito uma compra no valor de R$ 10,7 mil na mesma loja.

As funcionarias da loja telefonaram para o 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP). A titular da delegacia, Graça Silva, mandou uma equipe ao local e os policiais conseguiram prender as mulheres. A delegada afirmou que o golpe pode ser ainda maior, já que as investigações estão apenas iniciando.


Fonte: http://www.fraudes.org/clipread.asp?CdClip=10308


Detetive Criminal Particular - Carlos
Blog O Detetive

Descoberto Casal que Aplicava Golpes

A investigação sobre as atividades criminosas de um estelionatário levou a Polícia Civil a descobrir, na manhã de ontem, no Bom Jardim, um grupo especializado em falsificação de documentos, clonagem de cartões e outros crimes contra o sistema financeiro. O bando tinha como base o Ceará, mas atuava também em outros Estados do Brasil. A Polícia investiga ainda a suspeita de que as ações da quadrilha teriam se expandido para a Bolívia.



O chefe do grupo é um ´velho´ conhecido da Polícia, o carioca Paulo Roberto Araújo Lopes, o ‘Paulo Carioca’, 35. Ontem, ele conseguiu fugir do cerco policial. Sua mulher, a cearense Sandra Helena de Sousa Nobre, 31, acabou detida. Os inspetores investigam qual a participação dela no grupo.


Identidades


Na residência do casal, situada na Rua Estrada do Jatobá, no Bom Jardim, além de computadores e impressora para confecção do material falsificado, os policiais encontraram dezenas de cédulas de identidades falsas, cartões de créditos, CPFs, folhas de cheques, comprovantes de endereços e de rendimentos, entre outros.


De acordo com o delegado Jacob Stevenson Mendes, titular do 32º DP (Bom Jardim), o material era usado em golpes do empréstimo consignado e em financiamentos fraudulentos de veículos. ‘Paulo Carioca’ já responde a vários crimes, como latrocínio (roubo seguido de morte), estelionato, formação de quadrilha e crimes contra o sistema financeiro. “A ficha dele é extensa, aqui e no Rio de Janeiro”, diz Mendes.


‘Paulo Carioca’ é um bandido conhecido da Polícia cearense. Em outubro de 2006, foi preso na ‘Operação Ciclone’, da Polícia Federal. Na ocasião, 40 ‘cartãozeiros’ foram capturados pelos agentes federais.


PROTAGONISTAS

O casal falsificava documentos e cartões

Paulo Roberto e Sandra Helena.

O casal estava sendo investigado por emitir cheques sem fundo. Mas, com a descoberta do material falsificado, poderá ser indiciado por mais crimes contra o sistema financeiro nacional.


Fonte: http://www.fraudes.org/clipread.asp?CdClip=10280


Detetive Criminal Particular - Carlos
Blog O Detetive

Golpista preso em São Paulo tinha apartamento de luxo em Maringá

Estelionatário aplicava golpes contra pessoas de alto poder aquisitivo e foi capturado em um flat na capital paulista; em Maringá, ele já era conhecido da polícia.



O corretor Claudeir Alberto dos Santos, de 37 anos, que morava em um apartamento de luxo em um prédio do centro de Maringá e foi preso na segunda-feira (27) à noite em um flat de altíssima categoria em São Paulo, pode ser um dos maiores estelionatários que vinha agindo na região. Seus golpes renderam milhões de reais e, além de uma vida abastada, garantiram a ele uma ficha policial de cerca de 20 metros - e que segue aumentando.


De acordo com o delegado-adjunto da 9ª Subdivisão Policial de Maringá (SDP), Nilson Rodrigues da Silva, Santos se especializou em aplicar golpes contra pessoas ricas ou da classe média. Ele vendia terrenos que não eram de sua propriedade.


A polícia não tem idéia de quantos golpes desse tipo foram aplicados por Santos nem em quantas cidades ele atuou. Em Maringá, há anos ele tornou-se conhecido da polícia, sendo preso oito vezes pelo mesmo tipo de golpe, mas as autoridades acreditam que a ficha do estelionatário poderia ser bem mais extensa se todas as vítimas tivessem registrado queixa.


Acredita-se que, em muitos casos, a vítima não sabia o nome verdadeiro do golpista. Com a divulgação da imagem dele após a prisão, a polícia espera que surjam novas denúncias contra Santos. Inclusive oriundas de outras cidades e até mesmo outros Estados.


Além de “vender” terrenos à revelia dos proprietários, Claudeir dos Santos aplicou golpes também contra compradores de gado. Segundo a polícia, ele abordava fazendeiros e oferecia fazendas e rebanhos em outras regiões, chegando ao ponto de fretar avião para levar o virtual comprador para conhecer, do alto, as propriedades e os rebanhos. Ele teria feito várias vendas dessa forma.


Uma empresária de Maringá, que não quer ser identificada, perdeu mais de R$ 150 mil para o estelionatário, que ainda comprou um carro do filho dela e não pagou. Já um conhecido engenheiro foi ludibriado em R$ 60 mil ao envolver-se com “um projeto” que seria desenvolvido por Claudeir dos Santos em São Paulo. O estelionatário recebeu cheques do engenheiro, mas ao passar adiante usou cheques clonados.


O mandado de busca contra Santos foi expedido com base em denúncias feitas por suas vítimas nos últimos meses. Ele foi encontrado em um flat em São Paulo, onde, segundo disse, estava trabalhando como intermediador na venda de imóveis. Na opinião da polícia, possivelmente ele estava aplicando em São Paulo o mesmo golpe que já lhe rendeu muito dinheiro em Maringá.



Fonte: http://www.fraudes.org/clipread.asp?CdClip=10244


Detetive Criminal Particular - Carlos
Blog O Detetive

Polícia Federal de Jales Prende Golpistas

sexta-feira, 24 de abril de 2009

A Polícia Federal de Jales prendeu na manhã de ontem, 15, quatro integrantes de uma quadrilha mineira que aplicava golpes na região de Santa Fé do Sul. Há um mês a polícia já tinha iniciado as investigações, por terem recebidos informações sobre a atuação de uma quadrilha na cidade.
Os suspeitos foram encontrados depois de abrir uma empresa com endereço e telefone fixo, porém, dentro do imóvel alugado não existia nada, a empresa funcionava somente como fachada, com o objetivo de enganar vítimas que caíam nos golpes aplicados pela quadrilha. Eles também alugaram uma residência na cidade e utilizavam este endereço para dar credibilidade às informações prestadas às vítimas.
Foram apreendidos documentos de identificação falsos, documentos de veículos e papéis em branco, utilizados para imprimir documentos de veículos, os quais possivelmente eram clonados pelo grupo. Três veículos também foram apreendidos com os suspeitos, sendo uma GM S10, um VW Fox e um Fiat Uno.
A polícia está verificando as informações prestadas pelos presos para descobrir em quais cidades o grupo já atuou.


Os golpistas estão sendo ouvidos na Delegacia de Polícia Federal em Jales e poderão responder pelos crimes de Estelionato Qualificado, Falsidade Ideológica, Falsificação de Documento Público, Uso de Documento Falso e Formação de Quadrilha. Caso sejam condenados por todos os crimes cumprirão uma pena que pode chegar até vinte anos de prisão. Eles serão encaminhados para a cadeia de Santa Fé do Sul, onde permanecerão à disposição da Justiça.


Detetive Criminal Particular - Carlos
Blog O Detetive

Preso Golpista com Ficha Criminal de 12 Metros

quinta-feira, 16 de abril de 2009




Homem de 47 anos foi detido em São Paulo.

Registros indicam que ele é responsável por ao menos 20 crimes.


Fontes: http://g1.globo.com/Noticias/SaoPaulo/0,,MUL1088046-5605,00.html

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Detetive Criminal Particular - Carlos
Blog O Detetive

Polícia Do Piauí Faz Arrastão e Prende Quadrilha Especializada em Golpes Do Empréstimo A Funcionários Publicos

Policiais do 1° DP prenderam ontem seis pessoas, entre elas quatro mulheres, e ainda estão diligenciando no sentido de capturar outros integrantes de uma quadrilha especialista em falsificação de documentos para aplicação de golpes contra funcionários públicos.
O bando contava com a ajuda do funcionário Orlando Rios, lotado na Secretaria Estadual da Educação – SEDUC, que também está preso. Ele fornecia o espelho dos contracheques de funcionários e outros documentos para a aplicação do golpe.
A delegada Andréa Magalhães, titular daquela DP, disse que a falsificação era feita em Lan House e com os documentos os estelionatários abriam contas bancárias em nome dos donos dos contracheques e depois conseguiam junto a instituições de crédito empréstimos consignados com valores de até R$ 7 mil.
Foram presos ainda Cleomar Carlos Dourado e as mulheres Cristina Alves de Souza, 31 anos, Ana Paula da Silva Ribeiro, 27, Conceição de Maria Rodrigues da Silva, 36, e Maria Pastora Rodrigues da Silva, 65, mãe de Conceição, moradoras do bairro Monte Castelo, região do 6° DP. A polícia não tinha ainda informação concreta sobre o número de vítimas do golpe e nem do montante em dinheiro subtraído pelo bando. Com eles foram apreendidos vários telefones celulares e muito material falsificado.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Detetive Criminal Particular - Carlos
Blog O Detetive

Polícia Militar Prende Falsa Corretora de Empréstimo no Ceará

Duas pessoas já foram identificadas pela equipe da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) como envolvidas no golpe do empréstimo consignado que lesou pelo menos dez policiais militares do Batalhão de Choque da PM, fato revelado com exclusividade em matéria publicada ontem pelo Diário do Nordeste.

Uma delas é a corretora Márcia Adriana Pereira. Ela foi apontada pelos policiais do BpChoque como a pessoa que esteve no quartel oferecendo os empréstimos. Márcia prestou depoimento na última sexta-feira e disse ao delegado Jaime Paula Pessoa que um soldado havia facilitado o seu acesso aos outros policiais.

“Segundo Márcia, este soldado recebia um por cento de cada empréstimo que ela fazia”, destacou o delegado. Ainda de acordo com a corretora, o dinheiro todo era repassado para o gerente comercial da empresa "Terra", para a qual ela trabalhava. Quando a Polícia localizou a empresa, esta já estava fechada. Nenhum responsável foi localizado. Conforme Márcia, o gerente a quem ela repassava o dinheiro era Paulo Morais. O titular da DDF irá realizar uma acareação entre vítimas e envolvidos.

“Alguns PMs dizem ter recebido cheque roubado da Márcia como estorno dos valores não acertados e ela nega ter dado qualquer cheque aos policiais”, ressaltou Jaime. O golpe dos empréstimos consignados atingiu um grupo de militares da tropa de elite da PM e funcionários da Secretaria da Fazenda do Ceará.


Fonte: http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=625085
--------------------------------------------------------------------------------

Detetive Criminal Particular - Carlos
Blog O Detetive

Golpe do Dinheiro Fácil

quarta-feira, 15 de abril de 2009

A sensação de impunidade instituída em nosso país fez com que muitos brasileiros optassem pela vida criminosa, ao invés do trabalho árduo e honesto.
Jovens sem perspectiva de futuro, com baixo grau de escolaridade, oriundos de famílias desestruturadas emocionalmente e ou economicamente cometem crimes com requintes de violência.


Por outro lado, temos outra categoria de delinqüentes formada por pessoas adultas, estudadas e ambiciosas que usam a inteligência como arma para ludibriar vítimas inocentes e desavisadas. Quero alertar o amigo leitor para um golpe praticado por estelionatários que virou moda no Brasil:
A desempregada G.M.V. narra o crime em que foi vítima: "Estava passando por sérias dificuldades financeiras, pois meu marido me abandonou e mesmo passando o dia entregando currículos não conseguia arranjar um emprego. As contas estavam se acumulando e me via em situação de total desespero. No começo da semana, abri o jornal na página de classificados e li o seguinte anúncio:” Se você está precisando de dinheiro, nós temos a solução. Efetivamos empréstimos de até 30 mil reais, sem de comprovação de renda e sem consulta ao SPC/SERASA. Crédito Fácil. Dinheiro Rápido". Imediatamente liguei para a financiadora onde fui atendida por uma gentil senhora com voz aveludada. Comentei que precisava de R$ 6 mil e que poderia pagar em 24 meses. A atendente mostrou-se interessada em resolver meu problema financeiro e solicitou um numero de fax para passar uma ficha cadastral. Preenchi todos os dados e enviei no dia seguinte para tal empresa de financiamento. Após 24 horas ela me liga afirmando que meu crédito estava aprovado e que em 72 horas o dinheiro estaria à disposição em minha conta bancária. No final ela mencionou: "A taxa de juro é pequena e você só precisa efetuar um deposito em nome da empresa no valor de hum mil reais, que será devolvido apos o pagamento da ultima parcela de seu financiamento". Resolvi pedir tal quantia a um amigo e fiz o depósito na conta bancária da suposta empresa. Após 3 dias fui tirar o saldo em minha agencia bancária e percebi que nenhum depósito havia sido feito na conta. Solicitei ao gerente que precisava fazer uma ligação telefônica para a financiadora para saber o motivo que meu empréstimo não fora depositado. O gerente olhou com ar de espanto e comentou: "Acho que a senhora foi vítima do golpe do "Dinheiro Fácil". Liguei incontinenti para a empresa e ninguém atendeu a ligação. Naquele momento percebi que tinha sido vítima de estelionatários. O gerente explicou que essas quadrilhas constituídas por profissionais, falsificam documentos para abrirem contas em bancos e também para alugar ou adquirir linhas telefônicas.

É por esse motivo que a polícia tem dificuldade de colocar as mãos nesses larápios".
O leitor deve ter em mente que nenhum negócio deve ser efetivado pelo telefone. O interessado deve ir pessoalmente a sede da empresa para verificar "in locu" a idoneidade do negocio.


Em caso de dúvida dirija-se ao Procon, a Junta comercial e também a Delegacia de Polícia mais próxima procurando saber sobre a empresa com que você esta pretendendo realizar alguma transação financeira. Devemos seguir a risca o antigo jargão popular: "Cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguém".


Detetive Criminal Particular - Carlos
Blog O Detetive